Poder Da Transformação – JCPM Institute – Salvador, Brazil

(PORTUGESE ABAIXO)


Download the song – click here

The Human Sound Project was brought to Salvador, Bahia – Brazil, by the JCPM institute, to work with the young people involved with their program. JCPM provide after school programs for young people from disadvantaged neighbourhoods around Brazil, giving support and training in key skills such as English, Information Technology and Maths. These are essential life skills and are also important for to equip the young people for entering the job market.

Part of JCPM’s programming also includes extra curricular activities such as art and music to provide some extra soul to their program. This is why were were brought on and also to create great songs and videos for the young people involved and the organisation.

We proposed a two day program with the group of 30 young people from Salvador. There was so much talent and stardust in the group, a standard four hour workshop would not be enough to let them shine.

This song was created entirely by the young people of Salvador: their stories, their sounds, their dance.

Salvador is famous for its Samba Reggae. The group drew on their love of this genre and laid down a Samba Reggae beat, but also brought in a Hip Hop beat using drums and body percussion.

Stories were shared about experiences of selfless service – we asked the group to recount stories in their life where they have given to others without expecting anything in return. This theme was chosen because the issue of charity came up in talking with the group. It is in fact a much discussed topic in Brazil where the disadvantaged are often given assistance (financial or otherwise) by the more wealthy and advantaged in society – this scenario inevitably raises many questions such as the motives for giving charity and the socio-economic structure that supports this type of giving.

A great discussion ensued with many perspectives shared. Incredible stories were also told and transcribed. The words that were transcribed were used to form the lyrics for the song of which the group took great energy and effort to perfect. Some of the participants such as Taynara, Bianca and Marianne, even stayed after day 1 of the workshop to complete the lyrics. Some really talented poets and lyricists in this group.

Once the lyrics were written, Lubisco, the JCPM program co-ordinator took the spot light by bringing out his guitar and laying down a sweet Samba Reggae chord progression!

When it came to sound making, we formed a circle and the group were taught circle singing. They split into four sections: bass, tenor, alto and saprano with each section improvising a different vocal part and then singing their parts all together. The group brought in some melodies from their favorite Salvador songs, improvised body percussion and also brought in their own improvised vocal patterns!

Once we had recorded the beat, the guitar line and the circle song, the group was then split into four with each group finding their own way to perform their verse and one group dedicated to creating the chorus.

Special credit must go to the girls who created the chorus!

Each verse was recorded the entire group came together to perform the chorus!

It was sad to say goodbye to eachother – we came through a lot in those two days. We were all left feeling that we should come back together again to perform the song and to write more songs!!

Lyrics:

Estou aqui pra falar de palavra que move montanhas
Da palavra que supera barreiras
Da palavra que dá motivação
Estou aqui pra falar do poder da transformação

Preste atenção no que eu vou te falar
Uma história irei contar
Voz, gratidão, força e liberdade
Paz, harmonia, emoção e amizade

Não fazia nada, era minha situação
Resolvi mudar meu foco, através da evolução
Sedentário, otário, refém da preguiça
Resolvi virar o jogo,
resolvi mudar de vida

Sei que sou capaz porque um dia acreditaram em mim
Isso me motivou, por isso estou aqui
Eu vou mudar de historia eu vou fazer diferente
Acreditar no meu sonho porque eu fui persistente

Não fazia nada, era minha situação
Resolvi mudar meu foco, através da evolução
Sedentário, otário, refém da preguiça
Resolvi virar o jogo,
resolvi mudar de vida

Eu te aconselho ajudar sem olhar a quem
Isso me faz bem
Ter uma grande amizade com alguém
Para superar sair da tristeza
Reagir
Seja forte até o fim

Portugese translation:

O The Human Sound Project foi trazido a Salvador, Bahia, pelo Instituto JCPM, para fazer um trabalho com os jovens envolvidos em seus programas.  O IJCPM desenvolve programas complementares as atividades escolares para jovens de comunidades em desvantagens social pelo Brasil, oferecendo apoio e qualificação em competências-chave como o Inglês, informática e matemática. Essas competências são esseciais para vida e também importantes para que a juventude se prepare para ingressar no mercado de trabalho.

Parte dos programas do Instituto JCPM inclui atividades extra-curriculares tais como arte e música como maneira de trazer uma alma a mais para os seus programas. É por isso que nós fomos convidados, para criar música e imagens para a organização e os jovens envolvidos.

Nós propusemos dois dias de oficina com um grupo de 30 jovens de Salvador. Havia tanto talento entre os participantes que uma oficina padrão de quatro horas não seria suficiente para permitir que eles mostrassem todo seu brilho.

Esta másica foi inteiramente criada por jovens de Salvador: suas histórias, seus sons e sua dança.

Salvador é famosa pelo Samba Reggae. O grupo se baseou em seu gosto pelo gênero e estabeleceu uma batida de Samba Reggae, mas trouxe também uma batida de Hip Hop usando instrumentos ritmicos e percussão corporal.

Histórias sobre altruísmo foram compartilhadas – nós pedimos ao grupo que recontasse casos em suas vidas nos quais eles ajudaram outros sem esperar nada em troca. Esse tema foi escolhido haja vista que o assunto da caridade veio a tona na conversa. De fato, esse assunto é discutido no Brasil, país onde pessoas em desvantagem social são assistidas (financeiramente ou não) por pessoas abastardas e com maiores oportunidades – esse cenário inevitavelmente levanta muitas questões tais como os motivos de se fazer caridade e o tipo de estrutura social que mantem essa prática de doação

Uma boa discussão se seguiu com compartilhamento das diversas perspectivas. Histórias incríveis foram contadas e transcritas. As palavras transcritas foram usadas para formar a letra da música na qual o grupo colocou grande energia e esforço para aperfeiçoar Alguns participantes como Taynara, Bianca e Marianne, até mesmo esticaram após o primeiro dia de oficina para concluir a letra. Encontramos alguns poetas e letristas talentosos nesse grupo.

Uma vez com a letra escrita, Lubisco, o coordenador de programas do Instituto JCPM, veio pra frente das luzes e com seu violão estabeleceu uma doce progressão de acordes de Samba Reggae!

Quando chegamos para a produção musical, formamos um círculo e o grupo aprendeu canto circular. Eles se dividiram em quatro seções: baixo, tenor, agudo e soprano a partir das quais improvisaram suas partes para em seguida cantarem todas as partes juntas. O grupo trouxe algumas melodias de músicas locais que apreciam, improvisaram música corporal e também trouxeram padrões vocais com a improvisação.

Uma vez gravada a batida, o violão e as músicas circulares, o grupo se dividiu em quatro seções onde cada um encontrou a sua maneira de performar seus versos da música e um dos grupos se dedicou a criar o refrão.

Créditos especiais precisam ser dedicados às meninas que criaram o refrão!

Cada verso foi gravado e todo grupo se juntou para cantar o refrão!

Foi chato dizer adeus uns aos outros – nós experimentamos muitas coisas juntos ao longo dos dois dias. E ficamos com o sentimento de que deveriamos voltar a nos reunir para cantar e escrever mais musicas!!!

This article has 1 comment

  1. Fernando Rodrigues Assis de Jesus
    Tuesday 23 June 2015, 4:52 am / Reply

    Firstly, I want to thank the IJCPM for giving me this incredible chance – one of the best in my life – and for believing in my potential.
    The Human Sound Project taught me that you can make music with anything, anywhere and that, regardless of your musical style, way of dressing or social class, music can both unite us and transform our lives.
    I had never imagined that one day I would be able to write a song in just two days with some strangers whose lives are so different from mine, mainly because I could not sing or write lyrics for a song. However, over time, we created such strong bonds that we seemed to be a real band.
    This project did not only help me to create beautiful music, but also to believe more in my potential as a person as well as believe that if I really want something, I just have to be determined, believe that I can so that I will eventually make it.

Leave a Reply